José, para onde?!

quarta-feira, 11 de março de 2015

"Sozinho no escuro

qual bicho-do-mato,
sem teogonia,
sem parede nua
para se encostar,
sem cavalo preto
que fuja do galope,
você marcha, José!

José, para onde?"
_______________________Carlos Drummond de Andrade.

"A Morte de Sócrates", por Jacques-Louis David


Vida esta deveria ser eterna maiêutica.
São tantas trevas buscando por luz.
Tantas opiniões precisando de uma dialética.
Há tantos que diante de questões escondem-se como avestruz.

"Conhece-te a ti mesmo", já ouvi isso em algum lugar...
Como podes então se conhecer sem questionar?!
"Quem és?", "Porque és?", "O que pensa?", "Por onde andar?"
Responde você, ora vá!

É tão fácil olhar pro outro e julgar,
Sem fazer daqueles olhos o próprio espelho.
"O sujo falando do mal lavado", nunca escutou sua vó falar?
Ela também não lhe falou para não meter o bedelho?

"Eu sei muito bem quem e  porque sou, o que penso e por onde andar!"
Como diria meu velho amigo Sócrates: "Só sei que nada sei..."
"E agora José?! José para onde, José?!" O que importa é caminhar...
Meus passos me dirão quem sou, porque sou, o que penso e por onde andei.

5 novidades:

Carol Russo S disse...

"Conhece-te a ti mesmo", já ouvi isso em algum lugar...
Como podes então se conhecer sem questionar?!

Uma das coisas mais sábias que já li neste aspecto, Lu.
Gostei da tua ousadia na escolha do tema e da iniciativa de colocar o link para a explicação da palavra ali.
Parabéns.

Lu Nogfer disse...

Oi Lu

Ja agradeci no Asas mas agradeço novamente aqui: muito obrigada pela visita e pelas palavras deixadas lá. Volte quando quiser e sinta-se a vontade.

Adorei o teu espaço que por sinal é de muita qualidade.
Ainda nao li muita coisa, mas este post é muitíssimo enriquecedor!

Foste muito sábia nesta frase:
"É tão fácil olhar pro outro e julgar,
Sem fazer daqueles olhos o próprio espelho."
De fato, precisamos nos enxergar no outro antes de qualquer julgamento, porque afinal, apenas falar é muito fácil.

Se não me engano o pensamento: "conhece-te a ti mesmo e conheceras o universo e os deuses" é do grande Sócrates, o que também nos passa uma grande sabedoria. É preciso primeiro adentrar-se e conhecer-se para só depois conhecer o que está muito além...

Parabéns pelo blog!

Voltarei...

Beijos.

Dênis Girotto de Brito disse...

Um ótimo poema reflexivo, tratando do auto conhecimento do ser, da busca pela verdade, do julgamento próprio e com ótimas referências à filosofia grega e à literatura. Muito bom! Parabéns!

Meus blogs literários:
O Poeta e a Madrugada (Contos e Poesia)
Dark Dreams Project (Contos de suspense e terror)

Abraços!

Aline Teles disse...

Belíssima postagem e ótima reflexão. Adorei que tu trouxeste vários pensamentos famosos. Acho que esse é o tema preferido para filosofia: como você se conhece? Quem é você? Aí tu mesma respondeste: "Meus passos me dirão quem sou, porque sou, o que penso e por onde andei." Beijos.

ticoético disse...

Fabulosa,aulas de filosofia e literatura contemporânea,rs,é muito bom ler-te.
Abraço !

Postar um comentário

e ai alguma novidade?


obs: comentem sobre o texto
elogios e críticas são bem vindos, contanto que leiam e mostrem sua opinião.

sigam-me no twitter: @lusampaiiio

 
Design by Pocket