Quando o homem não cuida, a natureza toma conta.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

"Pode ser uma trombêta

A primeira ou a última
A soar neste planêta
Quantos viverão prá ver

Não sei dizer..."



Quando o homem não cuida, a natureza toma conta. Mesmo dos filhos que ela não pariu. Mas sendo filhos dos filhos até mais filhos sejam.
Ela vem preenchendo as brechas das rachaduras, a afagar o abandonado com seus milhões de braços, emprestando-lhe a seiva onde já não há cimento, alimentando em seu seio a pobreza das formas gastas, dando-lhe novos contornos de infinitas possibilidades, firmando o que se desfazia, colorindo o que descascara e o passado vai fazendo-se presente de um novo jeito e a beleza morta, agora vive.
Como a mãe que outrora embalou seu filho ao som de uma vitrola, o vento embala as folhas enquanto passarinhos fazem a música em seu novo lar. O que fora silenciado pelo tempo dos homens,calou-se para nunca mais. O que foi gerado pelo tempo da natureza soa vida de instante a instante, explodindo pelas janelas quebradas.
Natureza, divina mãe, divina cura, seio gerador de vida, sustentadora da beleza e da graça. E esse casarão já pertenceu à minha raça um dia, hoje faz parte da eternidade!

Tenho mania de contemplar os casarões abandonados, antes davam-me infinita tristeza por ver pedaços da história desfazendo-se assim, então comecei a perceber que a natureza não os deixava morrer, os transformando, até que por fim eles virem parte dela... E quando eles então desabam e o homem acha que venceu para enãoconstruir algo super moderno, a natureza vai está lá, com sua força latente, mostrando que não há como vencê-la.

4 novidades:

✿ chica disse...

Casarões, casas, castelos ficam em ruínas...Mas a natureza sempre dá um jeito de neles fazer forte a vida circular! beijos,tudo de bom,chica

Simone Lima disse...

Que lindo o que você escreveu. É preciso consciência, antes que seja mais tarde.

Beijo'o Lu

Dayane Pereira disse...

Ficou lindo o concreto envolto de natureza. Se eu morasse deixava assim, não ia nem podar rs

ticoético disse...

Que bonito isso que escreveu,observações importantíssimas que deviam ter muito mais destaque do que vestidos e carros de luxo,enfim,genial.
Abraço!

PS:não sei se eu disse,mas esse nome de blog é show de bola...

Postar um comentário

e ai alguma novidade?


obs: comentem sobre o texto
elogios e críticas são bem vindos, contanto que leiam e mostrem sua opinião.

sigam-me no twitter: @lusampaiiio

 
Design by Pocket