Aos dezoito

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Aos dezoito voltei a escrever em um diário com frequência, o que não fazia por uns dois anos. Aos dezoito reaprendi a fazer poesia, o que não fazia desde os quinze. Aos dezoito anos fiz as pazes com as palavras, desempoerei meu blog e hoje vejo o quanto eu necessito de uma caneta e um papel para sobreviver.
Aos dezoito eu percebi que eu não era uma pessoa decidida com que eu quero ser, coisa que eu achava até os dezesseis. Aos dezoito a ficha ainda não caiu e o vestibular ainda parece um sonho embalado por um "Alô, alô papai, alô mamãe."
Aos dezoito não vejo mais tv como via, nem filmes como via. Aos dezoito revejo os mesmos episódios de Friends e eles ainda me fazem rir. Aos dezoito não morro mais ao perder algum episódio da minha série favorita. Aos dezoito eu queria cantar e fazer parte do Glee.
Aos dezoito homemsn fictícios já não me encantam como antes, mas no fundo ainda quero ser a protagonista daqueles filmes bobos.
Aos dezoito ainda não acredito que o Heath Ledger morreu, que não haverá mais livros do Harry Potter e que poderei entrar em festas com a minha própria identidade.
Aos dezoito não me apaixono mais por garotos inalcançáveis, pois eles me parecem tão normais agora. Aos dezoito eu resolvi gostar dos cara perfeitos para mim, não mais os idiotas, mas continuo sofrendo porque eles simplismente não enxergam o quanto nos dariamos tão bem e quanto nossos filhos seriam lindos.
Aos dezoito digo que desisti do amor e que já perdi a minha chance de ser feliz. Aos dezoito eu continuo mentindo pra mim mesma e não acreditando.
Aos dezoito não beijo mais a foto do Principe William, acho que Billie Joe do olho pintado não rola e que o Tom Welling já encheu o saco.
Aos dezoito eu decidi de parar de ser inútil e ter um ideal para lutar por. Aos dezoito resolvi amar os animais em vez de comê-los. Aos dezoito consegui fazer coisas que eu sempre disse que nunca iria conseguir.
Aos dezoito sou uma péssima aluna e pareço nem me importar com isso. Aos dezoito me sinto bem mais esperta por viver em vez de tentar aprender a prática nos livros. Aos dezoito agradeço por ter deixado de ser aquela menininha chata que levantava a mão a cada pergunta.
Aos dezoito minha melhor amiga é aquela garota leza que fazia computação comigo. Aos dezoito eu nao tenho mais todos aqueles amigos e perdi muitos por besteiras. Aos dezoito nunca fui tão anti social mesmo com as pessoas falando quando me encontram por ai em festa " Tu?Anti social?!" Aos dezoito resolvi achar a minha companhia melhor do que qualquer outra.
Aos dezoito já cometi tantas merdas, tanta coisa que me arrependo e me doi só de lembrar. Aos dezoito eu finalmente aprendi. Aos dezoito não sou mais aquela garotinha fútil que se escondia atrás de um decote. Aos dezoito me amo mais e amo mais a vida assim. Aos dezoito aprendi a dizer não e sim para as pessoas certas. Aos dezoito aprendi a dizer "Yes, I can."
Aos dezoito me visto como uma menina normalm às vezes bem desleixada. Aos dezoito sinto vontade de andar de skate de novo e odeio a minha tatuagem.
Aos dezoito quebrei todos os meus preconceitos, ouço de tudo, conheço todos os tipos de pessoas, vou a todos os tipos de lugares. Aos dezoito eu percebi que com amigos do lado todos os meus problemas estão resolvidos.
Aos dezoito nunca quis tanto que Renato Russo estivesse vivo. Aos dezoito eu daria uma chance pro Chico olha... Aos dezoito eu ouço samba antigo e estou aprendendo a tocar violão.
Aos dezoito eu me reinventei. Aos dezoito eu nunca tive tão bem comigo mesmo. Aos dezoito falta um amor? Falta. Aos dezoito ainda falta responsabilidade? Bastante. Aos dezoito ainda quero voltar a ser criança? Sempre. Aos dezoito eu sou feliz? MUITO!

-
feliz dezoito anos para mim! BORA BEBER \o/kk'

11 novidades:

Leticía Gomes disse...

AAAH eu amei *------*
de verdade, todas as linhas. nossa, que demais.
a gente tme um monte de coisa em comum - tipo friends, notas, e autodefinição.

mas eu ainda tenho 3 anos para chegar aos 18 =/

beijos :)

Luana Farias disse...

Eu aodrei *-*
Tambem quero chegar nos dezoito e me redescobrir, me reinventar, ou talvez até antes dos dezoito quem sabe *-*
Odeio meu piercing, assim como você odeia sua tatuagem, foi tão impensado =/

Rodolpho Padovani disse...

18 é a idade que oficialmente viramos adultos, mas vivemos em constante aprendizado... aos 18 vi o mar novamente, coisa q eu não fazia desde pequeno...

Bjs =)

Marina Cavalcante Lacerda disse...

"nunca quis tanto que Renato Russo estivesse vivo." EU TAMBÉÉÉÉÉM :(

Eu ja ja faço meus 19, hihi.
ps: é seu aniversário?

Beijão, flor.

Barbara disse...

Olá!

Obrigada pelo elogio e pela visita ao meu blog! :)

Desculpa a super demora pra responder, voltei agora com o blog, deois de dois meses. Volta lá?

beijo grande!

disse...

tô quaaaase chegando neles. hahaha
E tenho plena certeza de que minhas convicções a respeito dos 18, serão as mesmas. haha
lindinho :D

Letícia Monteiro disse...

resolvi achar a minha companhia melhor do que qualquer outra. *--*
lindo amor,eu ameeii <3'
beeijoos ;***

DELUXE disse...

Oii tudo bem? Adoreei seu blog *-*
tô passando pra deixar nossa marquinha e lhe convidar para conhecer nosso o nosso.. (:
beeijOs

Deluxe

MAILSON FURTADO disse...

Parabéns, belo blog...

PARABÉNS!!!

Acesse:
http://mailsonfurtado.blogspot.com

Raíssa Santos disse...

SOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOCORRO, meus 18 estão chegando DD: Como vce pode está feliz com isso? KKKK
Mas que bom que está, eu chegando a idade da responsabilidade e quando olho para trás morro de rir. Cada coisa que lembro.

Beijos

Rhaissa N. Ramon disse...

eeeeeeeeeeeee Feliz dezoito \o/
UHAHUAHUAHUAHU

Me vi em muita coisa, exceto pelo fato de que ainda tenho 15!

"não acredito que o Heath Ledger morreu, que não haverá mais livros do Harry Potter" Não acredito nem em um nem em outro.
Queria MUITO que o Renato Russo ainda fosse vivo e queria mais ainda que o Humberto Gessinger tocasse em santos (tá isso, não tem aí) q

AHUAAAUAUH

Gostei
Espero que você viva seus 18 intensamente \o

Postar um comentário

e ai alguma novidade?


obs: comentem sobre o texto
elogios e críticas são bem vindos, contanto que leiam e mostrem sua opinião.

sigam-me no twitter: @lusampaiiio

 
Design by Pocket