Biodiversidade

domingo, 23 de maio de 2010

Hoje dia 22 de maio, é o dia da biodiversidade. Em uma ironia terrível do destino a cerca de um mês ocorreu o acidente em uma das plataformas de uma empresa petrolífera causando a derrama de litros e litros de óleo no marn do Golfo do México, afetando toda a biodiversidade naquela área.

E sem falar de vários outros ecossistemas que tem suas biodiversidades abaladas pela cobiça descuidada do ser humano.

Os governantes brasileiros deviam levar o caso da empresa British Petroleum como um sinal. "Nenhuma petroleira está devidamente preparada para mega desastres" afirmou Jules Soto, professor de oceanografia da Universidade do Vale do Itajaí. Imaginem um desastre com essas proporções em uma das plataformas da Petrobras.

Em vez de está gastando milhões para o Brasil ser o primeiro pais em extrair pré-sal, deviam se preocupar em visar o futuro e migrar para uma nova matriz energética, renovável que não abale o meio ambiente mais do que já está abalado. Temos que torcer para que o resto da Petrobras não seja privatizada, pois com certeza se isso acontecer as extrações vão cada vez visar mais lucro e mais lucro sem se importar com que pode acontecer e o dinheiro não será nosso, nosso não né, do governo.

Que não se preocupa nem em pagar devidamente e dá melhores condições de trabalho aqueles que estão ao encargo das questões ambientais como os funcionários do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Serviço Florestal Brasileiro (SFB), Ibama e Instituto Chico Mendes (ICMBio) que estão em greve a quase um mês.

Para Lula a questão ambiental não passa de uma vitrine que ele apresenta ao viajar para outros países e se passa como “ o cara” quando se fala em preservação. Mas aqui vemos a fúria energética do presidente que pretende inundar quase 2 mil quilômetros quadrados de florestas intocadas assinando o decreto 7153 que dá espaço para o Plano Decenal de Energia.

Dilma Russef sua companheira que luta para ocupar o seu lugar nesse anos de eleições, além de ser a mãe de Belo Monte quando o assunto é relacionado ao ambiente, falando-se em reservas legais ela se mostra prolixa e confusa e o que se dá para notar que sua opinião é que reservas legais são ruins para a economia. Como podem ver nessa reportagem

E é o código florestal correndo perigo e são os índios sendo ignorados. O que será que vai precisar acontecer para eles se tocarem?


Ajudem o Greenpeace em suas causas, assinem as petições



ps: Já nem é mais dia 22 mas só consegui postar agora.

2 novidades:

Barbara Salvan disse...

Oi Lury *-* Tá cada vez mais lindo seu blog... desculpe a ausência, tive que ficar um tempo fora, mas já estou de volta!
Beijinhos, até mais :*

brunela disse...

é, biodiversidade é um tema que realmente dá o que falar, principalmente se levarmos em consideração que esses políticos (e empresários em geral) só visam lucro. Não se preocupam com o que pode acontecer a longo prazo e acham que estão imunes à tudo. Isso precisa acabar :/ xx

Postar um comentário

e ai alguma novidade?


obs: comentem sobre o texto
elogios e críticas são bem vindos, contanto que leiam e mostrem sua opinião.

sigam-me no twitter: @lusampaiiio

 
Design by Pocket