The dream is over

terça-feira, 28 de abril de 2009

Não sei o que é mais triste começar a sentir nojo da única pessoa que tu imagina que nunca vai te dá tal sensação ou talvez saber que essa pessoa não é mais a mesma, de um jeito ou de outro, por tua causa.
E eu tentei, enguli a minha raiva, ciúme e tudo, tentei fazer com que ele fosse meu de novo, mas eu amo uma pessoa e essa pessoa não existe mais, foi o que eu pude constatar com essas minhas tentativas. E ele virou uma daquelas pessoas que mais me enojam, que só pensam em apenas uma coisa e esquecem o sentimento alheio.
Isso aconteceu comigo de uma certa forma depois da minha primeira desilusão amorosa, a gente passa a desacreditar no amor, acha que vai ser sempre daquele jeito, mas ele me fez ver que não é assim, ele me fez mudar, fez acreditar de novo e me tornar uma nova pessoa. Eu queria tentar reverter o mal que eu fiz, mas como já disse o sabio Kurt " É melhor queimar do que se apagar aos poucos ," se eu continuasse tentando ia acabar se esvaindo todo sentimento bom que ainda está guardado por ele e só ia ficar aquela incoformismo de isso ter acontecido.
E eu nem acredito numa possível amizade, quem sabe depois quando ele encontrar alguém que faça por ele o que ele fez por mim.
E agora eu continuo aqui, só, mas eu acredito que ainda tem alguém ai em algum lugar pra mim e e acredito que saberei fazer essa pessoa feliz.

2 novidades:

Fernandz disse...

Sinto que sou capaz de fazer a pessoa que mais quero, feliz também.


O que nos falta Lury, é a chance, não é? :(

Ray Ataíde disse...

sempre tem alguém que espera por nós...

Postar um comentário

e ai alguma novidade?


obs: comentem sobre o texto
elogios e críticas são bem vindos, contanto que leiam e mostrem sua opinião.

sigam-me no twitter: @lusampaiiio

 
Design by Pocket